Economia – Conceitos fundamentais para entender o que acontece ao seu redor

Escrito por Giovana Pereira em

Em meio a tanta volatilidade, passagem por crise econômica, a sobrevivência de um país depende de seus conhecimentos e compreensão sobre a economia. Entender os princípios básicos economia é a chave para entender o que acontece ao seu redor.

Para entender este assunto, é importante entender os conceitos básicos, como inflação, taxa de juros, moeda, crédito, déficit fiscal e déficit comercial.

Neste artigo, discutiremos em profundidade todos esses assuntos, de forma a ajudar o leitor a entender e compreender melhor a economia.

O que é Economia

Entendemos por economia o conjunto de atividades desenvolvidas com a finalidade de produção, distribuição e o consumo de bens e serviços necessários para sobrevivência, manutenção e à qualidade de vida de todos os habitantes do mundo.

A economia é o fator determinante para o desenvolvimento do país. Está correlacionada diretamente ao potencial financeiro que dá poder, gera condições e sustentabilidade para obter a melhor infraestrutura interna.

O que é Inflação?

Inflação é um conceito econômico, que tem como objetivo descrever o aumento constante no custo de bens e serviços ao longo do tempo, refletindo um aumento na oferta de moeda no mercado.

Isso significa que, à medida que a quantidade de moeda aumenta, cada unidade de moeda tem menos poder de compra.

A inflação é medida por um índice de preços ao consumidor (IPC). O IPC mede a taxa de inflação ao comparar um conjunto de produtos com preços estabelecidos entre dois períodos de tempo.

O impacto da inflação está diretamente ligado ao preço dos bens de consumo, como o valor da cesta básica e combustíveis, que pesam no bolso dos consumidores.

O que é Taxa de Juros?

A taxa básica de juros do Brasil é denominada Selic (Sistema Especial de Liquidação e de Custódia). Ela é definida dentro de um ciclo de prazo de 45 dias durante uma reunião do COPOM (Comitê de Política Monetárias do Banco Central).

Significa o quanto o governo paga de juros sobre os valores que ele lança ao mercado como títulos públicos do Tesouro Nacional. A Selic é a taxa básica da economia do país e influencia diretamente todas as outras taxas de juros como de financiamentos, empréstimos e aplicações financeiras.

A Selic é o principal instrumento utilizado pela política monetária para controlar a inflação, ou seja se precisa reduzir a inflação aumenta a taxa Selic, elevando o custo da moeda.



A taxa de juros pode ser defina entre a diferença de valores pagos e recebidos durante um determinado período de tempo. É a taxa de retorno que os bancos e outras instituições cobram por emprestar dinheiro a seus clientes. Quando um banco empresta dinheiro a seu cliente, este é obrigado a pagar um ágil, ou rentabilidade que leva a definição de juros a ser pago em data futura.

A taxa de juros é oscilante, dependendo da quantidade do volume financiado e o prazo de duração do empréstimo.

O que é Moeda?

Moeda é qualquer meio de troca aprovado pelo governo de um país para representar o valor de um determinado bem ou serviço.

Moeda, vai além do que a definição física que conhecemos a ficha de metal, ou o papel impresso em folha especial. Consideramos moeda qualquer forma utilizada para comprar e vender bens e serviços. Diferentes países usam diferentes moedas para composição de seu câmbio.

Em alguns países, a moeda oficial é dólar que pode ser americano, australiano, entre outros e temos o euro, sendo o dólar e o euro as moedas mais fortes do mundo. Enquanto outros países como o Brasil que utilizam sua própria moeda.

O que é Crédito?

Crédito é o empréstimo de dinheiro de um credor (quem disponibiliza o valor) para um devedor (quem recebe o valor). O credor pode ser o governo, um banco ou instituição financeira. Enquanto o devedor pode ser uma empresa ou uma pessoa física.

Crédito vem com taxas de juros, pois o credor precisa ser recompensado pelo prazo que ele disponibiliza e risco de não receber o dinheiro de volta.

O Crédito consignado é aquele que tem a quitação da parcela diretamente descontada em folha de pagamento de funcionários devidamente registrados em Carteira Profissional de Trabalho (CPTS) e aposentados e pensionistas.

O Que É Déficit Fiscal?

O déficit fiscal é quando o governo gasta mais do que arrecada com impostos. O governo pode financiar o déficit através de empréstimos do banco central, aumentando assim a dívida do governo.

O aumento da dívida do governo pode ter efeitos a longo prazo, pois os impostos precisam sofrer rebalanceamento para compensação e tendem a aumentar para financiar a dívida adquirida.

O que é Déficit Comercial?

Déficit comercial é o quando o governo gasta mais do que ganha em termos de comércio internacional. A diferença entre importações e exportações, ou seja, isso acontece quando o país importa mais do que exporta.

Como resultado, o país precisa trocar sua moeda por moedas de outros países a fim de satisfazer suas necessidades de importação, o que aumenta o custo da moeda nacional.

Conclusão

Os conceitos econômicos mencionados neste artigo, como inflação, taxa de juros, moeda, crédito, déficit fiscal e déficit comercial, são cruciais para entender como a economia de um país funciona.

Estes conceitos são fundamentais para ajudar o leitor entender o que acontece ao seu redor no âmbito econômico.

Por isso, comece a estudar e a aplicar os princípios básicos da economia para aproveitar ao máximo as oportunidades que a economia lhe oferece.

Curtiu? Tem muito mais aqui no pavirada.com!

Sobre o Autor
Giovana Pereira
Sou Giovana Pereira, responsável pela pesquisa, redação e pela construção do conteúdo. Neste blog, fornecerei dicas e informações sobre assuntos cotidianos para sua diversão e aprendizado.

Você está aqui:

Utilizamos cookies para lhe oferecer a melhor experiência em nosso site. Ao continuar a navegar, você confirma que aceita estes termos.