Capital de giro – Entenda o que é

Escrito por Giovana Pereira em

Neste artigo, vamos falar sobre capital de giro. Você é um empreendedor ou está interessado em se tornar um? Você sonha em um dia ter seu próprio negócio?

O sonho em questão é comum entre as pessoas, muitas até começam o próprio negócio, mas nem todas são bem-sucedidas.

O sucesso é obviamente dado pela movimentação financeira que tem, mas há uma questão mais profunda que você deve saber. O que estávamos tentando dizer é que você precisa saber pelo menos um pouco sobre o que é capital de giro. Se quiser saber mais sobre o assunto, este artigo é para você!

Capital de giro – O que é e como funciona em detalhes

Como já esclarecemos, capital de giro é algo com que as empresas devem se preocupar. De forma bem simples e resumida, capital é o dinheiro que sua empresa precisa para conseguir sobreviver.

Isso significa que é algo muito importante. Quando nos referimos ao capital de giro, devemos ter em mente que ele inclui todos os itens financeiros que possam existir no site.

A que nos referimos sobre capital de giro

Quando nos referimos ao capital de giro, devemos ter em mente que ele inclui todos os pontos financeiros que podem estar presentes no local.

Esses pontos podem ser:

  • Caixa;
  • Depósitos em contas bancárias;
  • Dinheiro a receber;
  • Despesas que podem ser convertidas em dinheiro no futuro, entre outras coisas.

Como pôde perceber, nenhum detalhe fica de fora. Assim, pode-se dizer que o capital é responsável por determinar o lucro total da empresa. A partir disso, podem ser feitos os cálculos que seguem utilizados para determinar questões financeiras em todos os setores.

Por exemplo, o investimento. Um ponto interessante que precisa ser esclarecido é que o capital de giro determina que as empresas compromissos. E tudo isso mesmo quando seus clientes estão ausentes.

O que, em outras palavras, significa que traz estabilidade ao negócio e uma ideia melhor de como tudo é feito rodando: os investimentos, através dos quais podemos influenciar o capital, nos permitem otimizar a empresa.

Isso significa que será possível comprar novos equipamentos, obter lojas maiores e alcançar mais metas sem estar em dívida!

Diferentes meios

Agora que você já conhece um pouco sobre capital de giro, vamos destacar algumas questões relacionadas à sua natureza. Por mais simples que possa parecer à primeira vista, é verdade dizer que sua complexidade é o que a saúde financeira garantiu e um alívio na gestão do seu negócio.

Na votação dos tipos de capital de giro, devemos esclarecer que são quatro no total.

Os tipos são: líquido, negativo, próprio e associado a investimentos.

Cada um deles possui suas peculiaridades, verifique quais estão listadas abaixo. No que se refere a capital de giro líquido, pode-se concluir que o tópico está relacionado às finanças da empresa, porém as de longo prazo não estão incluídas.

Ou seja, um cálculo de capital é feito sem contar os ativos e imóveis. A segunda classificação do capital de giro é negativa, que por sua vez indica uma situação não muito boa.

Logo, é um aviso de que os recursos que estão nas mãos da empresa não são suficientes para quitar dívidas existentes. O capital de giro próprio talvez seja a coisa mais satisfatória para os empresários.

Isso porque se refere ao capital que a empresa possui por conta própria sem ter que solicitar um empréstimo. Daí o nome.

E como definição final, vinculado a investimentos. Este capital de giro tem a função de determinar quanto a empresa precisa investir. Aplicação esta que, conforme mencionado acima, pode ser a compra de equipamentos.

Considerações finais sobre o capital de giro

Encerramos este artigo desejando que você tenha pleno sucesso em sua vida financeira, e que seu dinheiro se multiplique ano após ano.

Portanto, não deixe de procurar os melhores meios de investimentos e saber onde está o caminho mais vantajoso em seu capital.

Como vivemos em uma época de internet, você pode encontrar diversos meios de investimentos que podem realmente mudar a sua vida e história!

Mas acima de tudo, não deixe de buscar ardentemente por um crescimento, e obtenha os melhores resultados em suas finanças. Boa sorte e sucesso a todos!

Se gostou desse artigo, confira mais sobre finanças nesse link!

Sobre o Autor
Giovana Pereira
Sou Giovana Pereira, responsável pela pesquisa, redação e pela construção do conteúdo. Neste blog, fornecerei dicas e informações sobre assuntos cotidianos para sua diversão e aprendizado.

Você está aqui:

Utilizamos cookies para lhe oferecer a melhor experiência em nosso site. Ao continuar a navegar, você confirma que aceita estes termos.