Taylor Swift lança “1989 (Taylor’s Version)” e reafirma seu poder

Escrito por Giovana Pereira em

Após mais de dois anos de regravações, Taylor Swift lançou, na última sexta-feira (27), o álbum “1989 (Taylor’s Version)”. O disco, que foi originalmente lançado em 2014, marcou a transição da cantora do country para o pop e se tornou um dos mais vendidos da história da música.

A nova versão do álbum conta com 20 faixas, sendo 13 das originais e 7 inéditas. Entre as faixas inéditas estão “This Love (Taylor’s Version)”, que já havia sido lançada como single, e “Babe (Taylor’s Version)”, uma parceria com Sugarland.

O álbum foi recebido com críticas positivas da imprensa especializada. O site Pitchfork, por exemplo, deu ao disco uma nota 8,5, destacando a “voz poderosa” de Taylor Swift e a “produção impecável”.

O lançamento de “1989 (Taylor’s Version)” é mais um passo na jornada de Taylor Swift para recuperar o controle de sua discografia. Em 2019, a cantora foi surpreendida com a compra de sua gravadora anterior, a Big Machine Records, pelo empresário Scooter Braun. Braun, que é conhecido por seu estilo agressivo de negócios, e que havia sido criticado por Taylor Swift no passado.

Em resposta, Taylor Swift anunciou que iria regravar seus primeiros seis álbuns. Até o momento, ela já lançou as regravações de “Fearless (Taylor’s Version)”, “Red (Taylor’s Version)”, e “Speak Now (Taylor’s Version)” que também foram bem recebidas pelo público e pela crítica.

“1989 (Taylor’s Version)” é um álbum importante para Taylor Swift e para a indústria da música, pois marcou a transição da cantora do gênero country para o pop. Ainda, o disco mostra que a cantora está determinada a recuperar seu legado e a controlar sua carreira.

Análise das faixas 1989 (Taylor’s Version)

As faixas originais de “1989” foram regravadas com uma sonoridade mais ousada e moderna. A voz de Taylor Swift também é mais madura e confiante.

Entre as faixas mais destacadas estão:

  • “Welcome to New York (Taylor’s Version)”: A faixa de abertura do álbum é um hino à cidade de Nova York. A nova versão é mais vibrante e energética.
  • “Blank Space (Taylor’s Version)”: A faixa pop-rock é uma das mais famosas da carreira de Taylor Swift. A nova faceta da canção é mais sofisticada e elegante.
  • “Style (Taylor’s Version)”: A faixa dance-pop é uma das mais dançantes do álbum. A nova versão da música é de harmonia mais poderosa, o que contribuiu para que a crítica considerasse a canção como “sensual”.
  • “Shake It Off (Taylor’s Version)”: A faixa pop é um dos maiores (se não o maior) sucessos de Taylor Swift. A nova versão do sucesso conseguiu se tornar ainda mais divertida e contagiante que a original.
  • “Bad Blood (Taylor’s Version)”: A faixa pop-rap é uma faixa polêmica sobre uma briga entre Taylor Swift e outra artista. A nova versão é mais agressiva e contundente.

As faixas inéditas de 1989 (Taylor’s Version)

As faixas inéditas de “1989 (Taylor’s Version)” são um presente para os fãs. As músicas são bem escritas e produzidas, e mostram um lado mais pessoal de Taylor Swift.

Entre as faixas inéditas mais destacadas estão:

  • “This Love (Taylor’s Version)”: A faixa pop-rock é uma das favoritas dos fãs. A nova versão da faixa é mais emocionante e cativante.
  • “Babe (Taylor’s Version)”: A parceria com Sugarland é uma faixa country-pop. A nova versão é mais madura e elegante.
  • “Forever and Always (Taylor’s Version)”: A faixa pop é um hino sobre o amor perdido. A nova versão se tornou mais melancólica e com maior poder de comoção que a original.
  • “We Were Happy (Taylor’s Version)”: A faixa pop-rock é uma faixa sobre um relacionamento que acabou. A nova versão ganhou um lado mais esperançoso e positivo.
  • “You Need to Calm Down (Taylor’s Version)”: A faixa pop se tornou um hino sobre aceitação e tolerância. A nova canção é de maior impacto, pois possui uma harmonia mais poderosa e afirmativa.

Reflexão sobre o álbum 1989 (Taylor’s Version)

O álbum 1989 é imperdível para os fãs de Taylor Swift. O disco é uma obra-prima que confirma o status da cantora como uma das maiores artistas da atualidade.

O álbum é um sucesso comercial e de crítica. Em apenas uma semana, ele já vendeu mais de 1 milhão de cópias nos Estados Unidos. O álbum também estreou no topo das paradas de sucesso em todo o mundo.

“1989 (Taylor’s Version)” é mais do que apenas um álbum de regravações. É um álbum que representa uma nova era para Taylor Swift.



A cantora está mais madura e confiante, e sua música reflete isso. As faixas originais de “1989” foram regravadas com uma sonoridade mais ousada e moderna, e as faixas inéditas mostram um lado mais pessoal de Taylor Swift.

O álbum é um sucesso comercial e de crítica, 1989 (Taylor’s Version)’ vai ficar para a história da música. É um testamento do poder e da longevidade de sua força e determinação. Além de ser um presente para os fãs de Taylor Swift, é uma prova de que a cantora está no auge de seu talento.

O impacto do álbum na indústria da música. O lançamento de “1989 (Taylor’s Version)” é um marco na indústria da música. O álbum mostra que os artistas têm o poder de recuperar o controle de sua discografia, mesmo depois de terem assinado contratos com gravadoras.

Conclusão

“1989 (Taylor’s Version)” é um álbum que vai se tornar um clássico da música pop. O disco é uma obra-prima que confirma o status de Taylor Swift como uma das maiores artistas da atualidade.

O que reforça seu potencial inigualável é o fato de que a cantora movimentou bilhões em 2023 com sua turnê mundial, aquecendo principalmente a rede de produção de suas músicas, de viagens e turismo, além, é claro, de eventos e entretenimento por onde passou durante sua temporada.

Assim, Taylor Swift, a cada dia, reafirma mais uma vez todo seu poder.

Sobre o Autor
Giovana Pereira
Sou Giovana Pereira, responsável pela pesquisa, redação e pela construção do conteúdo. Neste blog, fornecerei dicas e informações sobre assuntos cotidianos para sua diversão e aprendizado.

Você está aqui:

Utilizamos cookies para lhe oferecer a melhor experiência em nosso site. Ao continuar a navegar, você confirma que aceita estes termos.